28 agosto 2022 0 138

Como a FUTURE PLC Lucrou £422 000 000 Online em 2021

A Future é uma empresa com uma das presenças online mais imponentes. Pense em qualquer um dos maiores sites de conteúdo que você conhece, ou de que tenha até mesmo somente ouvido falar, e o mais provável é que seja também propriedade dela. De fato, considerando a extensão dos sites, tanto em número quanto em tamanho, que tanto construiu quanto comprou, não seria exagero enxergá-la como uma imperadora do espaço digital, sendo que os sites em seu território dominam até mesmo o mecanismo de busca da Google, colecionando visualizações de página na faixa dos milhões mensalmente. Aqui está uma breve revisão de alguns dos sites no cabedal da Future:

  • TechRadar.com
  •  GamesRadar.com
  •  MusicRadar.com
  •  PCGamer.com
  •  Wallpaper.com
  •  GuitarWorld.com
  •  MarieClaire.com
  •  HomesandGardens.com
  •  TomsGuide.com
  •  Space.com
  •  Alphr.com
  •  AutoExpress.co.uk
  •  BuyaCar.co.uk
  •  TheWeek.co.uk
  •  Carbuyer.co.uk, etc.

Esses sites deixam os demais em seus respectivos nichos comendo poeira em termos de SEO, gerando um público colossal que rende milhões de dólares. Não é à toa que consta na demonstração financeira da Future PLC, do ano 2021, um lucro de £422 000 000 só com suas plataformas online. Esse lucro decorre, mais especificamente, de anúncios, comércio eletrônico, marketing de afiliados para outras empresas de comércio eletrônico, licenciamento de software, e outros serviços online.

Fora isso, de acordo com a mesma demonstração financeira, ganharam £184 000 000 com mídia impressa, com a qual também trabalham publicando revistas, levando os rendimentos da empresa em 2021 a uma impressionante soma total de £606 800 000.


Sobre a Future PLC

A Future é um negócio de plataforma global voltado para conteúdo de nicho, com fontes de receita bem diversificadas. Seu conteúdo atinge 50% da população adulta do Reino Unido pela internet, e um terço da dos EUA.

O alto crescimento de sua divisão de mídia é propulsionado por diversas fontes de renda complementares entre si, advindas da publicidade digital (incluindo anúncios em newsletters e vídeos), de eventos, e do comércio eletrônico de produtos e serviços. Dentre os numerosos nichos em que a Future PLC atua estão:

  • Tecnologia
  • Jogos & Entretenimento
  • Música
  • Casa & Jardim
  • Esportes
  • Cinema & TV
  • Conhecimento
  • Finanças & Investimentos
  • Lifestyle Feminino
  • B2B

Algumas marcas que possuem são:

  • Tech Radar
  • Pc Gamer
  • Tom's Guide
  • Android Central
  • Truly, The Week
  • Kiplinger
  • Gocompare
  • Digital Camera World
  • Homebuilding & Renovating Show
  • Gamesradar+
  • The Photography Show
  • Top Ten Reviews
  • Marie Claire
  • Live Science
  • Guitar World
  • MusicRadar
  • Space.Com
  • What To Watch
  • Gardening
  • Adventure
  • Tom's Hardware

A divisão de revistas da Future PLC é voltada para conteúdo especializado, contando anualmente com uma circulação global superando os 3 milhões, repartida entre mais de 131 revistas e 735 bookazines. Seu portfólio de revistas abrange os nichos de tecnologia, conhecimento, jogos e entretenimento, esportes, música, fotografia e design, casa e jardim, vida rural, cinema e tv, e B2B, com títulos que incluem Country Life, Wallpaper*, Woman & Home, The Week, Classic Rock, Decanter, Guitar Player, FourFourTwo, Homebuilding & Renovating, Digital Camera, Guitarist, How It Works, Total Film, What Hi-Fi? e Music Week.

Estratégia de Operações da Future PLC

Como uma plataforma mundial de conteúdo de nicho orientado pela intenção do consumidor, a Future é movida à base de tecnologia e de dados, ainda mais com seu baú de fontes de renda sortidas. Suas principais operações enfatizam o aumento do crescimento orgânico de suas plataformas online, e a expansão de seu portfólio por meio de aquisições. Assim, hoje ela opera tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos, tendo também investido pesado em pessoas ao construir uma equipe de mais de 1 500 funcionários, divididos entre funções editoriais, tecnológicas e gerenciais.

"Temos um foco Implacável em atingir sustentavelmente nosso alvo — o de assumir a liderança como plataforma global de mídia especializada orientada pela intenção do consumidor, para tal fim nos apoiando sobre a tecnologia, abrindo caminhos com a ajuda de dados, e contando com fontes de renda diversificadas e escaláveis. Nosso conteúdo de primeira qualidade é o combustível que mantém o nosso motor funcionando, porém também visamos a geração de valor a longo prazo ao criar alavancagem operacional, principalmente por meio do crescimento orgânico.

Além disso, para colher todos os benefícios de nossas aquisições, empregamos o modelo operacional da Future, que inclui uma abordagem que leva em consideração o contexto global do nosso conteúdo e do nosso alcance de público-alvo. Nossa estratégia, que continua dando bons resultados em 2021, é voltada para a satisfação das necessidades de nosso público, assegurando nossa permanência como aquele especialista de confiança que os ajuda a fazer as coisas que amam, e a tomar as decisões mais importantes em suas vidas.

E como resultado do nosso foco ininterrupto em criar absolutamente o melhor conteúdo e a melhor experiência para eles, nosso público geral cresceu para 432 milhões de visitantes (2020: 394m), sendo a principal contribuição a esse número vinda dos nossos usuários online, que cresceram 8% em um ano, atingindo 305m (2020: 282m), completando uma taxa média de crescimento orgânico de 20% em dois anos."

  • Desenvolvimento de Tecnologias

A Future PLC não cessa os investimentos na pilha tecnológica de suas operações, tendo em contrapartida ganhos no desempenho e em suas competências, ganhos esses que podem ser aproveitados em todas as áreas da empresa. Desenvolveram várias soluções de tecnologia como a Aperture, uma plataforma de dados do cliente, e além disso vêm continuamente aprimorando o Hawk, uma tecnologia de comércio eletrônico que eles próprios construíram para aumentar os rendimentos e as conversões. Só esse software foi capaz de gerar aproximadamente US$1 bilhão de lucro em comércio eletrônico para a Future PLC.
 

  • Aquisições

A Future Plc é feroz na aquisição de empresas alheias que cabem facilmente em seu modelo de negócios, mas nem por isso deixa de se empenhar em gerar mais valor ainda a partir dessas aquisições. Comprou, por exemplo, a GoCo em fevereiro de 2021, fez sua integração, e experimentou uma performance robusta dos sites GoCompare.com e MyVoucherCodes, considerando-se todos os aspectos.

Tiveram resultados similares com a TI Media, uma outra aquisição que fizeram em abril de 2020, que no ano passado ultrapassou a previsão de 7% de crescimento em termos de usuários online, alcançando em vez disso 16%, sendo que o lucro com a publicidade digital e o comércio eletrônico superou as expectativas em 38%. A Future PLC também concluiu a aquisição da Dennis em outubro de 2021, a qual ainda se encontra em processo de integração.

Mais à frente trataremos em mais detalhes das aquisições que fizeram em 2021, e de como elas colocam a Future PLC em posição de crescimento.

Por enquanto, aqui está o que a CEO teve a dizer sobre o crescimento da Future:

"Vimos um robusto crescimento orgânico em conjunto com as aquisições da CinemaBlend, Mozo, GoCo, Marie Claire US, e a recém-concluída aquisição da Dennis. Esse avanço não somente contribuiu para os níveis recordes atingidos em nossos resultados, como também garantiu que a Future se encontrasse bem preparada para o crescimento e sucesso duradouros."

Ou seja, a equipe da Future confia que sua estratégia diversificada continuará a render, especialmente após a mesma ter deixado a empresa em posição vantajosa de manter tal crescimento vigoroso.


Crescimento em 2021

Elevando a Comunicação da Apple: Levando os Bate-Papos a Novos Patamares com as Interações Inteligentes e Envolventes do ChatGPT

Executivos de alto escalão da empresa afirmaram que, em 2021, colheram ganhos impressionantes em suas rendas; resultados excepcionais que segundo eles são fruto da execução fiel de suas estratégias-chave de negócios. Alguns de seus pontos mais fortes de crescimento têm sido:

  • Uma sólida atuação da divisão de mídia, com a publicidade digital e e-commerce, gerando um crescimento orgânico expressivo de 27%, ficando a média bienal de crescimento a 25%.
  • Crescimento orgânico de 4% na divisão de revistas ao marco de um ano de pandemia, devido ao impacto dos lockdowns, amenizando a queda média em receita que ficou a 13% bienalmente.
  • Um crescimento nas campanhas de publicidade direta que se prolongou, turbinando o crescimento orgânico da publicidade digital em 27%. A média bienal do referido crescimento orgânico ficou a 21%.
  • A persistência dos bons resultados no comércio digital, tendo havido 36% de crescimento no total, além de melhores taxas de comissão e de conversão no 2° semestre, ficando a média bienal de crescimento orgânico a 47%.

"confiamos tanto na aceleração do crescimento a partir do segundo semestre do exercício 2022, à medida que nos afastamos dos critérios orientados pela COVID-19, que contando com o impacto positivo que nossa plataforma exerce sobre a margem de lucro de todo o negócio, estamos atualizando nossa projeção financeira para esse ano, esperando agora lucros ajustados significativamente acima das expectativas atuais, para o exercício 2022."

Zillah Byng-Thorne, a CEO da Future, disse:

"Tenho o prazer de anunciar mais uma leva de resultados excepcionais, acrescentando ao nosso longo histórico de crescimento. Nosso desempenho reflete a diversidade das nossas fontes de renda, nosso alcance global, e a alavancagem operacional do nosso modelo de negócios. Neste período geramos um crescimento orgânico de 23%, alimentado pela consistência do nosso conteúdo, que continua a atrair um público valioso. Nosso crescimento também deslanchou nos EUA, e apostamos na nossa capacidade de tirar proveito dessa ocasião para firmar e diversificar mais ainda nossas fontes de renda na América do Norte.

A proposta da nossa estratégia, estratégia essa que é potencializada pelas aquisições, só se mostrou mais forte frente à integração concluída do Grupo GoCo, como também as aquisições da Mozo, Marie Claire US, CinemaBlend, e, após o término do ano, da Dennis. Seguindo em frente, contamos com o continuado sucesso de nossa estratégia diversificada, bem como, devido a quão bem posicionados estamos para tanto, o prolongamento do nosso forte crescimento.

Adicionalmente, à medida que fazemos a transição de deixar os padrões emergenciais ditados pela COVID-19, prevemos agora um crescimento mais acelerado para o 2° semestre do ano seguinte. Contamos também com que o nosso modelo operacional viabilize uma escalabilidade e alavancagem operacional aprimoradas, acarretando em uma expansão ainda maior da margem de lucro, e portanto, estamos revisando nossas expectativas para todo o ano fiscal de 2022 expressivamente para cima, em comparação com as previsões atuais."


Avaliando o Crescimento da Future PLC
 

  • Geração de crescimento orgânico

A geração de crescimento orgânico está no cerne da estratégia da Future PLC. Para o ano de 2021, o crescimento médio da renda ficou a 23%, tendo sido 21% no primeiro semestre e 26% no segundo.

"Nosso conteúdo, que se garante entre os melhores do mundo, é preparado por corpos editoriais que têm demonstrado excelência em atender às demandas do público por conteúdo relevante, útil, e envolvente, tanto online como impresso. Esse conteúdo relevante, que por sua vez fornece públicos com alta intenção de consumo em grande escala, em conjunto com as nossas competências nas áreas da coleta e análise de dados, nos tem permitido reagir às necessidades dos anunciantes e monetizar a demanda pelo comércio eletrônico.

A divisão de mídia teve crescimento orgânico de 27% durante o ano, ficando a média bienal a 25%. Já o crescimento orgânico de 24% na renda da mesma divisão, na segunda metade do ano, teve contribuição de todos os segmentos, como o da publicidade digital, com seu crescimento contínuo. Até mesmo a desaceleração sofrida no comércio eletrônico, devido aos padrões alterados de época de pandemia e baixa disponibilidade de estoque, foi compensada pela aprimoração dos produtos e também recuperada nos eventos."


Crescimento Orgânico de Renda

  • Publicidade digital

No decorrer do ano, os lucros da Future com publicidade digital não decepcionaram, tendo aumentado 27%, atingindo £186 000 000 ao término do ano 2021. Suas marcas endêmicas e escala global, aliadas aos seus dados exclusivos de alta intenção de compra, permitiram que a Future se apoiasse sobre o conhecimento dos interesses, preferências, e intenções de seu público para multiplicar a força de sua proposta de valor frente aos anunciantes.
 

  • Comércio eletrônico

A Future teve um aumento orgânico de 36% nos lucros com o comércio eletrônico, tendo o valor bruto das transações aumentado para £900 000 000, e isso apesar da desaceleração que houve no segundo semestre, decorrente dos padrões emergenciais já mencionados, e também da falta de estoque generalizada no setor. Ela ainda continuou fazendo ajustes às suas ferramentas de comércio eletrônico, melhorando a experiência do usuário com conteúdo de qualidade e temas otimizados. E foi assim que a Future experimentou um avanço nas intenções, com taxas de cliques que atingiram 75%.

Investimentos Chave

Uma outra parte central à estratégia da Future é assegurar que consigam manter seu crescimento lucrativo a longo prazo. E o investimento constante em tecnologia e capital humano é indispensável para isso. Por isso, ao longo do ano, a Future PLC continuou investindo em aumentar o total de colaboradores, principalmente nas áreas editoriais e tecnológicas, ambas fontes de vantagem competitiva.
 

  • Investindo em pessoas

O conteúdo é a alma das atividades da Future PLC, e por isso não param de investir em novos recursos editoriais, aumentando seu headcount em 12% no ano 2021, garantindo assim que o conteúdo oferecido esteja sempre novo e fresco, além de que seja relevante e agregue valor à vida das pessoas que integram o público.

"As novas contratações foram espalhadas pelas diversas verticais, com o intuito de aprofundar nosso conteúdo por toda a extensão de nosso portfólio de marcas, incluindo tanto nossas marcas tradicionais como novas aquisições, bem como dar apoio a futuros lançamentos. Ao longo do ano, investimos mais de £85 000 000 na criação de conteúdo, quase dobrando o número de funcionários na área editorial em um ano, o qual ultrapassou 12 000 (incluindo equipes vindas de aquisições), o que representa nosso maior gasto com headcount."

  • Investindo em tecnologia

A Future PLC contratou 26 funcionários adicionais (um aumento de 14%) para reforçar seu centro de excelência em tecnologia, e intensificar o aperfeiçoamento dos recursos de que o grupo empresarial inteiro pode se valer, como o Hawk. A Future PLC chegou a injetar £8 000 000 em seu centro de excelência em tecnologia para turbinar suas plataformas digitais.

Além disso, em 2021, lançou a Kiosq, um serviço proprietário de paywall reutilizável que permite monetizar conteúdo editorial restrito. Também prosseguiu com os investimentos em suas equipes de ciência de dados, os quais incluíram o lançamento da Aperture, sua plataforma de dados do cliente.

"A Aperture, no contexto do nosso porte e da alta intenção de compra de nossos públicos, nos concede uma posição vantajosa, especialmente em um ambiente onde os dados próprios e a privacidade do consumidor ganham cada vez mais importância."

Ademais, lançaram a Eagle, tecnologia de voucher também proprietária, aproveitando as competências adquiridas junto com a compra da GoCo. Essa tecnologia já foi empregada na Real Homes, e terá mais implementações em 2022.
 

  • Investindo em ambientes de trabalho

A Future também investiu em seu ambiente de trabalho, criando ambientes comuns modernos em seus novos escritórios, localizados em Londres e Nova York, onde colegas de trabalho podem se reunir à medida que retornam do trabalho em casa. Tais investimentos surtem efeito por todo o negócio, contribuindo para o efeito plataforma.


Outras Áreas de Investimento

A Future vem rapidamente implementando, em todos os seus sites, novas funcionalidades de formato de anúncio, bem como melhorias no comércio eletrônico, desbloqueando assim novos potenciais das suas marcas de sites, com maior foco numa experiência mais agradável do usuário e na otimização para mecanismos de busca.

Usando o Google Tradutor para Ganhar Mais de $ 2 642 com Ofertas de CPA de Afiliados e Promovendo-o com um Sistema de Tráfego Gratuito

"Mesmo com todos esses investimentos em nosso negócio e em nossos colaboradores, pode-se ver que nosso modelo operacional escalável, junto com a nossa abordagem disciplinada à integração de nossas aquisições, têm impulsionado resultados excepcionais em termos de lucro. E as sinergias de economia de custos, alcançadas nessas aquisições recentes, nos têm permitido continuar a investir organicamente, seja na contratação de novos funcionários para as áreas editoriais e tecnológicas, seja no lançamento de novas marcas orgânicas, como The Money Edit."

Escritórios da Future PLC no Reino Unido


Gerando Valor Através do Investimento em Aquisições

Uma importante parte do capital da Future é destinada a potencializar sua estratégia por meio de aquisições que agreguem valor. A empresa mantém um padrão bem elevado de disciplina durante o processo de suas aquisições, tendo estudado 28 ofertas antes de cada transação que realizaram em 2021. Isso é porque querem ter absoluta certeza de que suas aquisições irão mesmo gerar valor.

Lista de Aquisições Feitas pela Future PLC em 2021

          1. Aquisição da Mozo Pty Limited

No dia 2 de fevereiro de 2021, a Future Publishing (Overseas) Limited, uma filial inteiramente controlada pela Future PLC, comprou 100% do capital social da Mozo Pty Limited ("Mozo"), site de comparação de preços voltado para produtos de finanças pessoais, com sede na Austrália. A compensação total foi de AUD$31 000 000 à vista, dos quais AUD$29 500 000 foram pagos ao término da transação, fora AUD$1 500 000 adicionais de compensação diferida, quitados em Maio de 2021.

Essa aquisição veio para diversificar mais ainda as rendas do grupo empresarial ao expandir sua oferta de comparação de preços, visto que representa tanto um aumento nas oportunidades de monetizar suas marcas, como também um incremento ao seu repertório no comércio digital, incluindo a oferta de serviços além de somente produtos.

          2. Aquisição da GoCo Group PLC

No dia 17 de fevereiro de 2021, a Future PLC adquiriu 100% do capital social da GoCo Group PLC ("Goco"), que fornece serviços de comparação de preço e de troca automatizada de prestador de serviço. A compensação foi de £557 200 000, das quais £142 100 000 foram pagas à vista, e outras £415 100 000 foram quitadas via emissão de 22,6 milhões de ações da Future PLC.

Essa aquisição fortaleceu consideravelmente a proposta do grupo empresarial: a de buscar satisfazer os anseios crescentes do consumidor pelo empoderamento, através do conteúdo baseado em dados de intenção, para tomar decisões bem fundamentadas que agreguem valor. Foi uma oportunidade única de lucrar com a combinação do profundo conhecimento do grupo empresarial sobre o público, com a especialidade da GoCo em comparação de preços, fora as tecnologias proprietárias tanto da Future quanto da GoCo.

          3. Aquisição da Marie Claire US

No dia 12 de maio de 2021, a Future US, Inc. comprou 100% da Marie Claire US, um antigo empreendimento conjunto entre a Marie Claire Album S.A.S ("MCA") e a Hearst Magazines Media Inc. Além disso, a Future fechou um contrato de licenciamento com a MCA por um prazo de 5 anos, em troca de uma contraprestação de £13 300 000, para operar sob seu nome nos EUA e no Canadá.

Essa aquisição segue a da Marie Claire UK em 2020, na época realizada pelo grupo empresarial da Future como um todo, e constrói em cima do continuado sucesso da marca MarieClaire.co.uk. Ela ainda solidifica a presença do grupo na vertical do lifestyle feminino na América do Norte, contribuindo para sua estratégia de conquistar a liderança nas verticais de suas marcas em todos os mercados anglófonos.

          4. Aquisição da Dennis

No dia 16 de agosto de 2021, o grupo empresarial Future PLC anunciou a aquisição da Dennis (através da compra de 100% do seu capital social e da aquisição dos direitos de voto na Broadleaf Newco 2 Limited e suas filiais), uma líder em mídia de consumo por assinatura, com tais nomes de confiança nas áreas do dinheiro, conhecimento, e tecnologia B2B como Kiplinger, MoneyWeek, The Week, e IT Pro.

Uma compensação de £300 000 000 foi paga à conclusão do processo no dia primeiro de outubro de 2021.

Os títulos adquiridos da Dennis pela Future PLC foram:

  • The Week UK
  • The Week US
  • The Week Junior UK
  • The Week Junior US
  • MoneyWeek
  • Kiplinger
  • Science & Nature
  • IT Pro
  • Computer Active
  • PC Pro
  • Minecraft World
  • Coach

Essa aquisição representa para o grupo empresarial uma escalada na vertical de dinheiro e finanças, além de diversificar mais ainda suas fontes de renda ao consideravelmente aumentar seus faturamentos recorrentes, ao trabalhar com assinaturas. Também expande o alcance do grupo na América do Norte e solidifica sua presença já existente na vertical do conhecimento, trazendo consigo o potencial para crescimento e altos números de assinaturas.


Conclusão

Contando somente suas plataformas online, a Future PLC foi capaz de gerar £422 000 000 de lucro.

O Que é GPT-4 e Como Você pode Usar o GPT-4 da OpenAI

A CEO da Future PLC teve isso a dizer sobre a estratégia que trouxe tais ganhos:

"Nossa estratégia gira em torno de atender as necessidades do nosso público, garantindo nossa permanência como o especialista de confiança que os ajuda a fazer as coisas que amam, e a tomar as decisões mais significativas em suas vidas. Em consequência do nosso foco em criar o melhor conteúdo e as melhores experiências para nossos diversos públicos, eles cresceram, como um todo, para 432 000 000 de visitantes em 2021, completando uma taxa média de crescimento orgânico de 20% nos últimos dois anos."

O que acha do artigo?
#negócio